Casa do Povo de Abrunheira com arte ao vivo na Feira do Ano de Montemor-o-Velho

A Casa do Povo de Abrunheira está uma vez mais presente na Feira do Ano de Montemor-o-Velho com o objectivo de angariar fundos para aquisição de equipamento neurossensorial.

A Instituição encontra-se a desenvolver um projecto inovador direcionado para as demências e doenças equiparadas e a aposta é forte pela inovação e pelas várias soluções que a compõe.

Sempre que a CPA participa num evento desta dimensão fá -lo com o objetivo de angariação de verbas para a concretização de projectos nas áreas social  e de saúde, sendo os mais recentes, aquisição de sistemas de saúde e de ambulâncias de transporte de doentes não urgentes, tendo concretizado esses objectivos propostos.

José Carvalho presidente da Casa do Povo de Abrunheira pretende criar uma resposta inovadora nesta área a nível nacional, concluindo que existem algumas respostas  a nível de saúde mental mas em concreto na áreas do alzheimer e demências equiparadas é visível essa lacuna perante uma problemática que afeta e afectará no futuro praticamente todas as famílias, direta ou indirectamente.

Nesta feira do ano, a Tasquinha solidária da CPA tem ao vivo o artista internacional  António Conceição que este ano executa ao vivo a pintura de portas que posteriormente integrarão o projecto nos diversos espaços físicos temáticos da Instituição, substituindo a titulo de exemplo a sinalética convencional, que segundo testou a instituição abrunheirense, não é automaticamente reconhecida pelos portadores destas patologias, obtendo excelentes resultados com esta estratégia. A participação nesta campanha tem um custo zero para o cliente, revertendo para este projecto, toda a verba angariada pelo serviço gastronómico.