BROCHURAS INFORMATIVAS

 

Manual de Avaliação Funcional para o Risco de Quedas em Pessoas Idosas (download gratuito)

O projeto de investigação ESACA (Mendes & Pereira, 2017) constituiu-se como um projeto que visa dar resposta à problemática da queda, proporcionando bens e serviços futuros que correspondam às necessidades sentidas pelas pessoas idosas, famílias, cuidadores e instituições (sector público e social).Este manual, Livro 1, foi elaborado no âmbito do projeto ESACA e propõe um conjunto de testes de aptidão funcional que avalia o perfil individual de risco de queda do idoso, incidindo nos fatores que potencialmente induzem a queda e a lesão.

 


Relatorio_Monitorizacao_RNCCI_1_Semestre-2017

 


BOOM DIGITAL? Crianças (3-8 anos) e ecrãs

Autoria: ERC – fevereiro.2018


 

Brochura do projeto COESI_PT

 


 

Novo Guia de Apoio ao Envelhecimento Ativo das Pessoas com Deficiência

Este Guia visa ajudar e esclarecer alguns aspetos mais importantes que marcam o processo de envelhecimento das pessoas com deficiência, registando algumas dicas que podem clarificar dúvidas que vão surgindo, favorecendo assim a sua saúde, participação e qualidade de vida.

Pode ser consultado aqui

___________________________________________________________________________________________________________

Relatorio “Pessoas com Deficiência em Portugal”
Indicadores de Direitos Humanos – 2017

Este relatório pretendeu sistematizar informação sobre a situação das pessoas com deficiência em Portugal a partir de fontes secundárias, nacionais e internacionais, e extrair indicadores através dos quais se possa aferir o progresso alcançado na realização dos direitos humanos das pessoas com deficiência em Portugal.

_____________________________________________________________________________________________________________

O Plano de Ação 2017-2018 da ENIPSSA 2017-2023
Elaborado pelo Grupo de Implementação, Monitorização e Avaliação da Estratégia e previsto na Resolução do Conselho de Ministros nº107/2017, de 25 de julho.

Este Plano contempla 104 medidas, orçadas em mais de 60 milhões de euros, estando algumas já em desenvolvimento, destacam-se como principais medidas o acolhimento residencial, alargamento e integração da intervenção na área da saúde e a promoção da formação e da integração profissional das pessoas sem-abrigo,

Consulte aqui o Plano de Ação 2017-2018

_____________________________________________________________________________________________________________

GUIA sobre a Interdição e Inabilitação, da Humanitas-Federação Portuguesa para a Deficiência mental